Os Quatro Elementos: como descobrir se eles estão em equilíbrio a partir do Mapa Astral

June 14, 2018

Imagem: carlchua

 

Você já reparou que algumas pessoas simplesmente são mais razão e outras mais emoção? Ou que você parece estar sempre cansado, enquanto outras pessoas aparentam estar sempre cheias de energia?

 

Com uma olhadinha rápida em seu Mapa Astral você poderá observar todas essas características a partir do estudo do significado da presença ou da ausência dos quatro elementos: terra, água, fogo e ar. Compreendendo esses conceitos simples, mas com significados muito profundos, você conseguirá transformar seu dia-a-dia promovendo bem estar e qualidade de vida.

 

Isso acontece, pois, cada elemento representa um aspecto de nossa personalidade e, caso esteja em desequilíbrio, necessita de um pouquinho de atenção e atividades simples para que consigamos atingir nossos objetivos e cumprir nosso propósito nesse mundo.

 

Se você está em busca de conhecer a si mesmo para viver cada vez melhor, acompanhe esse post, pois falaremos brevemente sobre as características de cada elemento e como você pode facilmente identificá-los em seu Mapa Astral!

 

O ELEMENTO TERRA:

 

A terra está relacionada ao nosso Chakra Básico, e nos mantém ligados a matéria e todos os seus aspectos. Tem relação com o nosso corpo físico, nossa presença nesse plano e tudo o que necessitamos para sobreviver.

 

Este é o elemento da praticidade, que faz com que sejamos realistas para viver o agora. É racional, lógico e nos possibilita enxergar a vida com mais clareza. Quando em excesso pode nos tornar céticos e muito apegados a matéria. Quando em falta pode nos deixar, por exemplo, indisciplinados e descuidados com a saúde do próprio corpo.

 

O ELEMENTO ÁGUA:

 

A água, por sua vez, diz respeito às nossas emoções. Está relacionada ao nosso Chakra Sacral e nos permite dar um passo além de apenas sobreviver pois nos permite sentir a vida.

 

A importância de compreender esse elemento se dá na busca pelo equilíbrio de sentimentos, pois quando ele se encontra em excesso pode nos tornar tão sensíveis a ponto de parecer difícil enxergar a realidade. Quando em falta pode dificultar, por exemplo, a empatia e formação de laços afetivos.

 

O ELEMENTO FOGO:

 

O fogo simboliza a coragem de lutar e a alegria de viver. Está relacionado ao Chakra do Plexo Solar e nos ensina a respeito de nossa coragem, autoconfiança e poder pessoal.

 

Compreender este elemento nos possibilita viver motivados e saber que somos merecedores de todas as coisas boas. Sua falta pode nos deixar indispostos e desanimados, enquanto seu excesso pode nos deixar impulsivos, raivosos e intolerantes.

 

O ELEMENTO AR:

 

Por fim, o elemento ar, corresponde ao intelecto e a mente. Nos permite pensar, aprender e nos comunicar. Está relacionado ao Chakra cardíaco e nos faz sociáveis, justos e adaptáveis.

 

Quando em excesso pode nos tornar um tanto hiperativos, nos deixando inquietos e com dificuldade de atenção. Quando em falta faz com que nos tornemos introspectivos demais, inflexíveis a novas ideias e ao convívio com pessoas.

 

A FALTA E EXCESSO DOS ELEMENTOS NO MAPA ASTRAL:

 

Existe um sistema de contagem de pontos que nos permite identificar como cada elemento está distribuído dentro do Mapa Astral. Este sistema nos ajuda a identificar se existem desequilíbrios entre os elementos, como a falta, baixa quantidade ou o excesso de um determinado elemento.

 

Para utilizar esse sistema, você precisa ter em mãos o seu Mapa Astral e entender o agrupamento dos signos por elemento, conforme descrito abaixo:

 

FOGO: corresponde aos signos de ÁRIES, LEÃO e SAGITÁRIO;

AR: corresponde aos signos de GÊMEOS, LIBRA e AQUÁRIO;

TERRA: corresponde aos signos de TOURO, VIRGEM e CAPRICÓRNIO;

ÁGUA: corresponde aos signos de CÂNCER, ESCORPIÃO e PEIXES.

 

A partir daí você deve identificar o elemento do signo em que estão posicionados cada um dos planetas do seu mapa, além do seu signo Ascendente e Meio do Céu e atribuir a contagem de pontos conforme a tabela a seguir:

 

 

 

Elementos que pontuem entre 4 e 8 pontos são considerados em equilíbrio. Um elemento que esteja com menos de 4 pontos pode ser considerado em baixa ou falta e um elemento que esteja acima de 8 pontos pode ser considerado em excesso.

 

Quando você compreende o que está ou não em equilíbrio em seu Mapa Astral, pode fazer as mudanças necessárias para promover qualidade de vida e retirar do seu dia-a-dia todos aqueles comportamentos que já não servem mais.

 

Por exemplo, uma pessoa com o elemento terra em excesso, sabe que pode ser um tanto racional demais e precisa de atividades que a permitam entrar em contato com a criatividade e sensibilidade. Uma pessoa com o elemento fogo em excesso, sabe que pode ser uma pessoa um tanto inquieta e impulsiva e precisa trabalhar exercícios que a façam cultivar a ponderação e a cooperação.

 

Viu só como é simples usar essa ferramenta de autoconhecimento e deixar a vida mais leve?

 

Nós do Desvendando os Astros, compreendendo a importância desse estudo, disponibilizamos um workshop de duas horas que ajudou muitas pessoas a compreenderem melhor esse assunto e aplicarem estes conhecimentos em suas vidas. Você ainda poderá acompanhá-lo clicando AQUI. Temos certeza de que esse conhecimento fará diferença em sua vida e na vida de todos os que o cercam.

 

_____________________________________________________________________________

 

E aí, gostou do post? Conte para a gente nos comentários!

 

E para mais textos sobre cura, autoconhecimento, espiritualidade e astrologia, nos siga nas redes sociais através do Instagram, Youtube e Facebook.

 

Te vejo lá!

 

Namastê, Sabrina.

 

Referências: 

Os Astros Sempre Nos Acompanham: Um manual de astrologia contemporânea (Cláudia Lisboa)

O Livro Completo dos Chakras – Libere o Poder Positivo (Ambika Wauters)

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Rituais de Fim de Ano: aprenda a utilizar o poder dos chakras e cristais

December 26, 2018

1/4
Please reload

Posts Recentes