• Desvendando os Astros

Planetas Retrógrados: tudo que você precisa saber


Muito se fala dos Planetas Retrógrados, não é mesmo? Quem nunca ouviu? “Ah! Mercúrio vai ficar retrógrado. Os eletrônicos e meios de comunicação vão começar a falhar!”, “Oh my God! Vênus está retrógrado, devo ter cuidado com as mudanças de visual.” ou então, “Nasci com Mercúrio Retrógrado e tenho muita dificuldade em me comunicar.”


São muitas as dúvidas em relação ao significado e a maneira como somos influenciados por esta movimentação dos planetas. Se você sempre teve essa dúvida, ou se você quer entender mais sobre este assunto ou até mesmo se você nunca ouviu falar dos planetas retrógrados, continue lendo este post, pois vamos te contar tudo sobre a influência causada quando os planetas fazem este tipo de movimentação.


Quando um planeta se aproxima muito da órbita da Terra, se posicionando entre o Sol e o nosso planeta, a impressão que temos é que este planeta está andando para trás. Essa impressão é o que chamamos de movimento retrógrado. Com exceção dos luminares (Sol e da Lua), todos os planetas do mapa passam por períodos de retrogradação.

Mercúrio, por ter um movimento mais rápido, chega a ficar retrógrado entre 3 a 4 vezes por ano. Por isso é super comum encontrar várias pessoas que têm Mercúrio Retrógrado no mapa astral.


Para a Astrologia, um planeta em movimento retrógrado pode trazer questões mal resolvidas do passado para uma revisão podendo indicar, até mesmo, questões cármicas de vidas passadas que precisam ser revistas e resolvidas. Pode ser um relacionamento, uma decisão, um sonho ou projeto que precisa de reajustes. Qualquer situação que não ficou bem resolvida ou definida e que precisa passar por uma revisão pode voltar durante a retrogradação dos planetas.


Agora vamos entender como os Planetas Retrógrados podem nos afetar. Sua influência pode se dar de duas formas:


1. Quando temos um ou mais planetas retrógrados no nosso Mapa Astral de nascimento;


Neste caso a influência do planeta pode nos apresentar desafios de vida relacionados à energia do planeta ou em relação aos assuntos da casa astrológica onde o planeta retrógrado estiver posicionado.


Se o planeta Retrógrado for um dos planetas pessoais (Mercúrio, Vênus ou Marte) ou transgeracionais (Júpiter e Saturno) seu efeito pode ser mais interno, significando que precisamos nos esforçar para externalizar a energia do planeta, do signo e da casa onde ele está posicionado (especialmente os pessoais).


Alguém com muitos planetas retrógrados em seu Mapa Astral pode parecer misterioso, reservado e até tímido já que muitas coisas ocorrem internamente, sem ir para o mundo externo. Por isso, os planetas retrógrados podem implicar em algumas dificuldades de expressão, trazendo questões do passado que exigem um esforço maior nessa vida para serem superadas/trabalhadas.


No caso dos planetas geracionais (Urano, Netuno e Plutão) o processo de revisão se concentra mais em relação a energia (ou assuntos) do próprio planeta, e especialmente em relação aos assuntos da casa astrológica onde eles se encontram no Mapa Astral. A influência dessa energia por signo pode não ser muito expressiva.


De forma geral, sempre podemos experienciar atrasos, impedimentos, dificuldades e desafios em relação aos assuntos relacionados às casas astrológicas onde temos planetas retrógrados. Pode ser que seja preciso revisar questões naquele setor de acordo com a energia de cada planeta.


2. Quando os planetas em movimento (trânsito) iniciam seu movimento de retrogradação.


Neste caso a influência é mais geral e todos nós a sofremos, mesmo que no nosso mapa astral estes planetas não estejam retrógrados. É importante saber qual o setor da nossa vida que estes planetas estão influenciando, ou seja, descobrir em que casa astrológica estes planetas estão.


A lógica para identificar o setor da sua vida que está sofrendo a influência do trânsito de um planeta em específico é sempre essa:

PASSO 1: Ver qual é o signo em que o planeta estiver transitando;

PASSO 2: Ver qual a casa astrológica do seu mapa astral onde você tem esse signo para identificar qual é a área da sua vida que estará sofrendo esta influência.


Também é importante se familiarizar com a energia do signo em que o planeta se encontra quando ele estiver retrógrado, porque o signo pode nos dar a pista sobre a forma com a qual devemos conduzir nossa revisão naquele setor. Um exemplo: Vênus Retrógrado em Gêmeos em trânsito pela casa 10 pode significar que chegou a hora de revisar a comunicação (Gêmeos) nas relações afetivas ou parcerias (Vênus) no setor profissional (casa 10).


Como falamos anteriormente, podemos experienciar atrasos, impedimentos, dificuldades e desafios em relação aos assuntos relacionados às casas astrológicas onde um planeta estiver transitando em movimento retrógrado. Isso significa que chegou o momento de desacelerar um pouco o ritmo, dar atenção para os assuntos daquela casa, parar, revisar, reconstruir e organizar o que estiver fora do lugar, para que quando o planeta retomar seu movimento direto, a energia daquele setor possa voltar a fluir como deve.

Veja abaixo a resposta para algumas das perguntas mais frequentes nas nossas redes sociais e durante as minhas consultas astrológicas em relação aos planetas retrógrados.

  • Como identifico se tenho algum planeta retrógrado no meu mapa astral?


Alguns sites ou sistemas ainda não fornecem esta informação. Por isso, nós sempre recomendamos que você faça o seu mapa astral no Astro.com ou no Astrolink, pois além de serem gratuitos, ambos vão indicar se há planetas retrógrados. Normalmente, na lista de posicionamentos você irá encontrar um “R” na frente do nome do planeta, conforme exemplos abaixo:

  • É algo ruim ter muitos planetas retrógrados no meu mapa? Ou não ter nenhum retrógrado no meu mapa, isso quer dizer que terei menos desafios de vida do que alguém que tem muitos retrógrados?


A resposta para estas perguntas é relativa. Tudo vai depender do seu Mapa Astral como um todo. Nunca podemos interpretar pontos de um mapa de forma isolada. Exemplo: Saturno Retrógrado na casa 2 pode indicar dificuldades com as finanças. No entanto, se este planeta (apesar de retrógrado) estiver bem conectado com outros pontos do seu mapa, ou até mesmo, se as demais casas relacionadas a trabalho e profissão estiverem em boa situação, esta dificuldade pode ser minimizada ou nem existir.


A mesma lógica funciona para quem tem poucos ou nenhum planeta retrógrado em seu mapa astral. A princípio isso pode ser um bom sinal, mas se os planetas do mapa estiverem em aspectos difíceis entre si, isso pode indicar muitos desafios, especialmente nas áreas da vida relacionadas com as casas astrológicas onde estes planetas estiverem posicionados, mesmo que eles não estejam retrógrados.


Então a resposta para esta pergunta vai depender de uma análise profunda do mapa de cada pessoa. Por isso procure um astrólogo de confiança para fazer o seu mapa astral caso você não consiga entender o seu mapa de forma conectada. Se você quiser saber mais sobre as nossas consultas astrológicas, clique aqui.


  • A influência de um planeta retrógrado é por toda a vida? Como posso trabalhar a energia de um planeta retrógrado?


Isso vai depender de como você sente as dificuldades que este planeta possa apresentar. De forma geral, a medida que vamos revisando os assuntos e evoluindo com os desafios de vida impostos por estes planetas em cada setor da nossa vida, aprendemos a lidar com esta energia de forma positiva até chegar num ponto que ela não nos imponha mais nenhuma dificuldade.


Contudo, até aprendermos estas “lições” os assuntos relacionados com aquele planeta ou a área de vida afetada por eles pode continuar sofrendo atrasos e impedimentos. Na maioria das vezes conseguimos trabalhar esta energia ao longo da vida de forma natural. Mas em alguns casos é preciso recorrer a alguma ajuda.


Assim, o primeiro passo para trabalhar a energia dos planetas retrógrados do seu mapa seria fazer um diagnóstico através da leitura do seu Mapa Astral para identificar como esta energia pode estar atuando na sua vida. A partir daí, um bom astrólogo poderá ao menos fazer a recomendação de algumas técnicas ou profissionais que você pode procurar para trabalhar cada dificuldade específica. São inúmeros os caminhos, mas aqui no Desvendando os Astros nós temos tido excelentes resultados com nossos clientes através da terapia Floral e do Thetahealing. Clique no nome de cada uma dessas técnicas para saber mais como elas funcionam.


  • Tenho um planeta retrógrado no meu Mapa Astral, quando este planeta em trânsito iniciar seu movimento retrógrado, sou mais prejudicado?


Um exemplo clássico para esta pergunta é: “Tenho Mercúrio Retrógrado no meu Mapa Astral, o que acontece quando Mercúrio fica retrógrado, vou ter mais dificuldade ainda para me comunicar?”. E a resposta para esta pergunta é: depende. Se você ainda não trabalhou a energia do planeta retrógrado do seu Mapa Astral, a exemplo de Mercúrio, se você ainda tem muita dificuldade para se expressar e se comunicar, toda vez que o planeta ficar retrógrado você deve redobrar sua atenção.


No entanto, se você já melhorou sua comunicação ao longo da vida e não sofre mais com o seu Mercúrio Retrógrado, você não será mais impactado do que alguém que não tenha nascido com Mercúrio Retrógrado. A mesma lógica se aplica a todos os outros planetas.


Se você chegou até aqui, você já deve estar entendendo muito melhor sobre os planetas retrógrados, não é mesmo? Mas calma que tem mais. Pensando em facilitar ainda mais o entendimento do tema, nós preparamos um guia prático sobre os Planetas Retrógrados para você. Através deste guia você vai entender como é a influência de cada um dos planetas em movimento retrógrado, qual a duração da sua retrogradação, além dos cuidados que devemos ter durante esses períodos.


Nosso guia ainda traz como bônus uma tabelinha com as datas do movimento de retrogradação de todos os planetas longo de 2018. Faça já o download GRATUITO do seu guia clicando aqui.


Esperamos que este post possa ajudar vocês a compreenderem melhor a influência dos planetas retrógrados.


Aproveita e conta para a gente através dos comentários se você tem planetas retrógrados no seu mapa. Como você sente a influência deles na sua vida?


Ah e se você ainda não nos segue nas redes sociais, corre e começa a acompanhar a gente por lá. Sempre postamos previsões astrológicas, dicas de autoconhecimento e conteúdo inspiracional através do nosso Instagram, Facebook e canal do YouTube.


Aguardamos você lá!


Até o próximo post!


Namastê,


Marcos

#astrologia #planetasretrogrados #autoconhecimento #mercurioretrogrado #saturnoretrogrado #jupiterretrogrado #mapaastral #venusretrogrado #marteretrogrado #uranoretrogrado #netunoretrogrado #plutaoretrogrado

Desvendando os Astros

Autotransformação e despertar espiritual

guiados pelo autoconhecimento

  • Facebook Desvendando Astros
  • Instagram Desvendando Astros
  • YouTube Desvendando Astros

e fique por dentro de todas as nossas novidades e promoções! 

Cadastre seu e-mail